Workshop: O papel dos adesivos e selantes na construção sustentável

Realiza-se no próximo dia 15 de dezembro em formato online, o workshop “O papel dos adesivos e selantes na construção sustentável” organizado pelo Grupo Español de Adhesión y Adhesivos (GEAA) em colaboração com a Asociación Española de Fabricantes de Colas y Adhesivos (ASEFCA).

Com este workshop pretende-se reivindicar o papel dos adesivos e selantes na construção sustentável como capacitadores essenciais do Pacto Ecológico Europeu. Durante o mesmo será também demonstrado o papel dos adesivos e selantes em relação às novas estratégias e regulamentações em construção sustentável vinculadas à economia circular, bem como soluções sustentáveis e o seu impacto ambiental.

A FEICA irá apresentar uma sessão sobre “O impacto dos regulamentos da UE em edifícios sustentáveis”.

Mais informações e inscrições aqui.

Posição da FEICA sobre o Regulamento de Embalagens e Resíduos de Embalagens

Os adesivos são parte de uma vasta cadeia de valor nas indústrias das embalagens de papel, plástico, vidro e metal. Tendo em conta a revisão da “European Union Packaging and Packaging Waste Regulation”, a FEICA apoia o objetivo de uma legislação atualizada e ambiciosa, com um foco claro na circularidade.

Por forma a maximizar o benefício ecológico e evitar a disrupção do mercado, ou substituições indesejadas, a FEICA acredita que vários aspetos importantes terão de ser considerados na legislação futura. Entre estas destacam-se a utilidade das diretrizes dos projetos de construção, o impedimento da lista geral de produtos ou substâncias negativas, a atualização da infraestrutura Europeia para tecnologia mais avançada e a melhoria da qualidade do material reciclável através da lavagem e limpeza.

Consulte a posição da FEICA aqui e, para mais informações relativas a este tema, consulte o website da FEICA aqui.

Usar fitas sensíveis à pressão para ir ao encontro das necessidades da indústria automóvel

A indústria automóvel é um setor que está em constante e rápido desenvolvimento através de novas influências no design e produção que se enquadram na classificação de eletrificação.

Isto faz com que existam novas oportunidades para o setor de adesivos principalmente para fitas adesivas sensíveis à pressão (PSATs). Estas oferecem funcionalidade, versatilidade e personalização para lidar com uma ampla gama de desafios que a indústria automóvel enfrenta no desenvolvimento do seu setor.

Assim, o trabalho da indústria de adesivos é constante para assegurar a durabilidade e funcionalidade de PSATs para garantir a confiabilidade e desempenho de baterias e tecnologias de assistência ao condutor, por exemplo.

Leia artigo da Adhesives & Sealants Industry Magazine na íntegra aqui.

FEICA e Fraunhofer IFAM publicam livro ‘Adhesive Bonding Technology in the 21st Century’

A FEICA em conjunto com a Fraunhofer IFAM publicou recentemente o livro ‘Adhesive Bonding Technology in the 21st century’.

Esta publicação é destinada a todos os stakeholders com o objetivo de dar uma visão abrangente da indústria de adesivos e selantes em termos das suas aplicações, tecnologias, inovações e tendências.

A tecnologia de colagem adesiva neste século apresenta as principais vantagens que a tecnologia de colagem adesiva tem em comparação com outras tecnologias de união e explica como esta é uma tecnologia que poderá servir inúmeras funções como a transmissão de força e compensação para a dinâmica das diferentes peças que se pretende unir.

Para além disso, este livro explica também a importância económica do setor de adesivos e selantes e apresenta uma visão desta tecnologia em relação à lei de segurança de produto e potencial da economia circular.

O livro está disponível para leitura e download gratuito aqui.

Benefícios económicos e ecológicos do fabrico de adesivos em série

Ao tentar economizar dinheiro em custos de energia e alinhar uma operação de revestimentos com as mais recentes classificações de impacto ambiental, as empresas devem pensar em abordagens que possam gerar mais poupança/lucro.

Uma dessas abordagens é o custo geral de produção de um produto final acabado e entrada de energia em muitos dos seus componentes, sendo que o fabrico de adesivos em série para revestimentos tenha benefícios.

Em termos económicos, e levando em consideração os custos de fornecedores, a produção de adesivos em série pode resultar numa redução de 30% no custo final. Já em termos ecológicos, os benefícios para a pegada de carbono poderão ser medidos pelas etapas e materiais que são eliminados devido à mudança de produção.

Leia o artigo na íntegra aqui.

Indústria de adesivos e selantes: Mesa redonda com distribuidores

Nesta mesa redonda promovida pela revista Adhesives & Sealants Industry, líderes da indústria na distribuição de matérias-primas e produtos químicos partilham as suas opiniões sobre as principais questões que afetam neste momento a indústria de adesivos e selantes.

Desta forma, foram partilhadas opiniões para questões em volta da guerra na Ucrânia, as preocupações contínuas com a inflação, como a recessão está a afetar a cadeia de abastecimentos e quais os fatores que atualmente causam os maiores desafios relacionados com o transporte e logística de matérias-primas e produtos químicos.

Leia o artigo na íntegra aqui.

Vantagens “pós-cura” para elastómeros de silicone e adesivos

Utilizar o processo “pós-cura” para borrachas de silicone pode ser considerado um processo do passado, mas não o é!

Fabricantes de equipamentos originais (OEMs) têm vindo a descobrir que a pós-cura pode adicionar valor de utilidade a determinadas aplicações. Porém para determinar se este processo é a melhor opção, é importante entender o que acontece durante todo o processo, as vantagens que oferece e as principais práticas recomendadas.

Assim, o processo pós-cura oferece inúmeras vantagens para diversas aplicações como por exemplo a alteração das propriedades do material, remoção de subprodutos evitando a desgaseificação e redução de tempo do ciclo de moldagem.

Leia o artigo na íntegra aqui.

Guia para avaliação de status de adesivos em contacto com alimentos contendo hidrocarbonatos de óleo mineral

O grupo de trabalho Paper & Packaging Working da FEICA publicou recentemente um guia que pretende apoiar os produtores e utilizadores de adesivos para garantir que estes sejam seguros aquando a aplicação pretendida.

Este guia fornece esclarecimentos sobre a avaliação do risco de migração de MOH (hidrocarbonatos de óleo mineral) de adesivos e, onde a testagem é necessária, realiza a testagem e avalia os resultados. No final do documento está também disponível um esquema para ajudar os utilizadores a avaliar os adesivos conforme a aplicação pretendida.

Consulte o guia na íntegra aqui.

Adesivos sem solventes ganham popularidade

O crescente interesse e consciência em relação às questões ambientes está a impulsionar o aparecimento de novas tecnologias na indústria de adesivos.

Assim, os adesivos sem solventes estão a tornar-se cada vez mais populares, contribuindo para um futuro mais ecológico e seguro para o utilizador com um impacto ambiental reduzido. Mas o que é considerado um adesivo sem solventes?

Para que os adesivos sejam isentos de solventes, estes não devem conter mais de 5% de solventes. Portanto, diversas tecnologias têm sido desenvolvidas para reduzir ou eliminar o teor solvente dos sistemas como: colas sem solventes, adesivos hot melt e de alto teor de sólidos, bem como sistemas à base de água.

Indústrias como automóvel, mobiliário, embalagens, papel, têxteis e calçado já utilizam este tipo de soluções adesivas de baixo teor de solventes.

Leia artigo na íntegra aqui.

Indústria de Adesivos e Selantes: Foco em investigação e desenvolvimento

No mundo atual em que as sensibilidades e tendências dos consumidores estão em constante mudança, a investigação e desenvolvimento nunca foram tão importantes para a indústria de adesivos e selantes.

Assim, as empresas devem continuar a desenvolver novos produtos e comercialmente viáveis para facultar soluções necessárias para a evolução da sociedade. Embora os constrangimentos dos últimos dois anos tenham representado obstáculos significativos aos esforços de investigação e desenvolvimento.

A revista Adhesives & Sealants Industry questionou recentemente diferentes stakeholders do setor de adesivos e selantes para perceber como as empresas estão a avaliar as diversas questões envolvidas com investigação, soluções potenciais e como garantem o foco na inovação.

Leia as respostas aqui.